Emagrecimento

Jejum intermitente: o que é e como fazer de forma correta.

Hoje você vai aprender o que é e como fazer de forma correta um Jejum intermitente.

Se você busca soluções de como perder peso, precisa estar atento à necessidade de incluir hábitos no seu dia a dia, assim como ter uma alimentação equilibrada e fazer exercícios regularmente.

No entanto, uma solução para perder peso rápido e de forma saudável é o jejum intermitente, um tipo de dieta muito famosa no círculo dos atletas que, recentemente, vem ganhando muitos adeptos dentre os que buscam perder peso.

Mas qual o segredo de sucesso dessa dieta? Nós preparamos um guia pra te mostrar como essa prática funciona e como fazer da forma correta para emagrecer.

Mas o que é o jejum intermitente?

O jejum intermitente, na verdade, é uma estratégia nutricional que consiste em períodos de jejum total da ingestão de alimentos.

O diferencial desse método para outras dietas é que o jejum intermitente é bem simples de entender e fazer, porque não é necessário contar calorias e você pode comer quase tudo, dentro de um período específico, diferente da maioria das dietas que recomenda alimentos específicos.

Os períodos de jejum permitem que o organismo trabalhe em funções como o reparo celular e rejuvenescimento dos tecidos, ao invés de direcionar energia com o processo de digestão.

Um dos principais benefícios é o emagrecimento, porque os períodos de jejum obrigam o seu corpo a usar os depósitos de gordura com mais eficiência. Mas esse não é o único beneficio, o jejum intermitente aumenta os níveis de colesterol bom, previne  doenças neurodegenerativas e cardíacas e traz inúmeros benefícios para o cérebro e funções cognitivas.

O jejum intermitente realmente emagrece?

A resposta é sim e nós vamos explicar como acontece o emagrecimento durante essa prática.

Quando estamos em jejum, nosso corpo reduz os níveis de açúcar no sangue, diminui os níveis de insulina, ajudando a emagrecer e a prevenir doenças, como o diabetes e aumenta a produção de HGH, o hormônio do crescimento que é fundamental para manutenção e ganho da massa magra.

Durante esse período, o seu corpo começa a usar as reservas de gordura (aquelas gordurinhas que ficam acumuladas) como fonte de energia e dificulta a absorção de calorias em excesso, já que o corpo tem capacidade limitada de absorção num tempo determinado.

À medida que seu corpo se acostuma ao jejum intermitente, seus níveis de energia voltam a subir e seu corpo se torna mais eficiente no uso da energia e isso ajuda a melhorar o humor, a capacidade mental e o desempenho a longo prazo.

Quem pode fazer?

Para adultos saudáveis, não tem contra indicação. Se você deseja tentar, pode se jogar! Mas, antes vale a pena consultar um nutricionista ou médico, assim como é indicado para todas as dietas.

No entanto, não é adequado para adolescentes, crianças, idosos e gestantes, pela pouca quantidade de nutrientes e podem afetar o sistema imunológico e o desenvolvimento.

Também não é adequado para pessoas com doenças ou outras debilitações de saúde, como diabetes, por conta da hipoglicemia que pode ser causada por longas horas sem comer.

O importante é sempre consultar um médico nutricionista para que ele avalie o seu quadro e monte um cronograma personalizado para suas necessidades.

Conheça os Tipos

Existem vários métodos de jejum intermitente, mas os tipos mais comuns são:

Jejum de 12 horas: realizado todos os dias e você deve fazer um jejum de 12 horas entre as refeições. É recomendado se você deseja começar a praticar o jejum intermitente ou se tem dificuldade em jejuar.

Jejum de 16 horas: é conhecido também como “Leangains” e o período de jejum é maior, entre 14 e 16 horas, incluindo o tempo de sono, e uma janela de 8h em que você pode se alimentar normalmente.

Jejum 5:2: nesse tipo, você pode se alimentar normalmente durante 5 dias e reduzir a quantidade de calorias para 500kcal durante os outros 2 dias.

Jejum de dias alternados: aqui você come normalmente em um dia, e no seguinte jejua durante todo o dia. É um dos tipos de jejum que traz melhores resultados se você deseja perder peso.

Como começar?

A seguir, preparamos um passo a passo se você é um adulto saudável e quer começar a praticar o jejum intermitente.

Preparamos um eBook com 15 receitas, que são perfeitas para você consumir antes de começar o seu processo de jejum

O que comer antes de fazê-lo?

Antes do jejum,  é importante comer alimentos que aumentem a saciedade e reponham os nutrientes necessários. Também focar em uma alimentação cetôgenica ou low carb, para fazer com que os seus níveis de insulina baixem e deixem seu corpo mais preparado para queimar gordura e sentir os outros benefícios que o jejum pode oferecer.

Passo 1: durante 5 a 7 dias antes de começar seus períodos de jejum, mantenha uma alimentação forte e saudável e inclua carnes, ovos, hortaliças, frutas, nozes e oleaginosas no seu cardápio.

Passo 2: Agora é hora de começar o jejum. Nós vamos começar com 12 horas, para o seu organismo se acostumar antes de partir para períodos maiores. Nesse dia, jante às 20h e só tome café da manhã às 8h do dia seguinte.

Nos primeiros dias, é normal se você sentir muita fome. Mas não se preocupe, o seu organismo vai se acostumar com o tempo. Caso não aguente o período sem comer, coma algo leve e lembre-se que você não deve sofrer durante o jejum intermitente.

É importante lembrar que no período em jejum, estão liberados água, que é muito importante nesse período, chás e café, mas tudo sem açúcar.

Passo 3: Repita o passo 1 e se alimente bem durante 5 a 7 dias. Mas agora você vai jejuar durante 12 horas, duas vezes na semana.

Passo 4: repita os passos 1 e 2, mas agora experimente pular o café da manhã e só almoçar ao meio-dia do dia seguinte, aumentando o período de jejum para 16 horas.

Esse passo a passo vai te ajudar a começar a sua prática de jejum intermitente. Lembre-se que é importante fortalecer o seu mental para aguentar os períodos de jejum, porque muitas vezes a fome que sentimos é somente emocional.

Com 16 horas de jejum intermitente, o seu corpo já acelera a queima de gordura, aumenta a sensibilidade à insulina, a saciedade e quando seu organismo se acostumar, você vai ter uma melhora no bem-estar e mais energia durante o dia.

Quebre seu jejum lenta e firmemente

Outro passo importante é quebrar o seu jejum de forma lenta. 

Depois de muitas horas sem comer nada, você vai sentir vontade de comer até as paredes, mas é importante quebrar o jejum de forma lenta, mastigando, comendo bem devagar e incluir alimentos fonte de zinco, vitamina D e, especificamente para as mulheres, vegetais crucíferos e gorduras boas para ajudar o corpo a produzir estrogênio.

Para concluir, o jejum intermitente não é pra qualquer um, mas certamente é uma ótima estratégia para emagrecer e melhorar a saúde do seu corpo como um todo.

Se você gostou deste conteúdo, siga nossas redes sociais para mais dicas e conteúdos como esse, que vão te ajudar a emagrecer com saúde.

Atenção

As informações fornecidas nesse artigo destinam-se totalmente ao conhecimento geral e fornecimento de informações e não devem ser substituídas por uma avaliação nutricional ou usadas para tratamento de condições médicas.

A Health Repair nasceu com foco em proporcionar saúde de qualidade, e, por isso, recomendamos que você procure sempre o aconselhamento do seu médico com qualquer dúvida que possa ter a respeito de sua condição médica e reforçamos que as informações contidas aqui não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *